Segmento de Serviços Digitais cresce 41,2% em 2020. Confira outros destaques do Ecad no último ano

Segmento de Serviços Digitais cresce 41,2% em 2020. Confira outros destaques do Ecad no último ano

Notícias

Em 2020, o segmento de Serviços Digitais do Ecad somou R$ 184,5 milhões em execução pública. O valor representa um aumento de 41,2% em relação à 2019, quando foram arrecadados R$ 130,7 milhões.

Este crescimento pode ser explicado pelos acordos celebrados pelo Ecad com plataformas de streaming e também pela ausência de shows e eventos ao vivo, além do fechamento de estabelecimentos comerciais durante o período de pandemia, o que gerou um aumento na adesão e consumo de serviços digitais.

Além do streaming, durante o último ano outros segmentos também foram destaque na arrecadação do Ecad, como os de TV aberta e por assinatura e o de Clientes Gerais, que engloba estabelecimentos comerciais com sonorização ambiental. Apesar do fechamento do comércio, esse segmento representou 17,5% da receita da instituição em 2020.

Toda a gestão coletiva, formada pelas associações de música e pelo Ecad, segue unida e firme no propósito de garantir que a música e seus profissionais sejam reconhecidos e valorizados através do pagamento de direitos autorais. ​