Isabel Amorim assume superintendência do Ecad

Isabel Amorim assume superintendência do Ecad

Notícias

Glória Braga, que liderou o Ecad por 22 anos, passa o bastão hoje para Isabel Amorim. Glória foi responsável por profundas transformações na gestão do direito autoral no Brasil. Inovação nas práticas de governança, inúmeras conquistas e vitórias administrativas e judiciais e constante evolução tecnológica fazem parte do legado que ela deixa para o Ecad. Glória permanece até o dia 14/11 na entidade e, após essa data, passa a se dedicar a novos desafios na área de consultoria, inclusive para o próprio Escritório.

Isabel foi escolhida pelas associações de música que administram o Ecad após um rigoroso processo seletivo e chega com a missão de dar continuidade ao trabalho de desenvolvimento da cadeia produtiva da música por meio da valorização dos direitos autorais e tornar o Ecad cada vez mais digital e tecnológico.

Formada em Administração de Empresas, ela conta com vasta experiência nos principais grupos de mídia como The New York Times, El País e Editora Abril e tem profundo conhecimento da cultura empresarial da América Latina, Europa e Estados Unidos. Isabel é pós-graduada em Comunicação pela Universidade de São Paulo (USP) e em Gerenciamento Global pela IE Madri, além de ter um MBA pela Business School de São Paulo e Rotman School em Toronto.

“Estou muito feliz com o desafio e tenho certeza que, com o apoio de toda a equipe do Ecad e das associações, seguiremos inovando e acompanhando as mudanças do mundo digital para que a música esteja sempre viva, gerando cada vez mais renda e contribuindo para a indústria criativa do país", destaca Isabel.

Fôlego para o desafio Isabel tem: um de seus principais hobbies é correr maratonas. Paulista de nascimento, mas “carioca de coração", ela poderá continuar se dedicando às corridas no Rio de Janeiro, onde fica a sede do Ecad.

​​​