Artistas e outros profissionais da música receberam R$ 971 milhões do Ecad em 2018

Artistas e outros profissionais da música receberam R$ 971 milhões do Ecad em 2018

Notícias

​​​​Quantidade de artistas remunerados aumentou 25% em relação a 2017.

Os artistas podem comemorar os números do ano que passou: mesmo em meio a uma crise econômica, o trabalho permanente das associações de música e do Ecad de conscientizar a sociedade sobre o pagamento de direitos autorais resultou em grandes cifras para a cadeia produtiva da música. Distribuímos R$ 971 milhões em direitos autorais para artistas e demais titulares, além das associações. A quantidade de beneficiados teve um aumento de 25%, indo de 259 mil (2017) para mais de 326 mil compositores, intérpretes, músicos, editoras e gravadoras remunerados em 2018. 

Cerca de 66% do valor total foram repassados ao repertório nacional, contribuindo para o fortalecimento da indústria musical brasileira. Esses números comprovam que, muito mais que impulsionar a música enquanto arte e negócio, o Ecad ajuda a manter produtivo quem trabalha e vive para encantar as pessoas com seu dom. 

Cinema e streaming no topo

O segmento que apresentou maior crescimento na distribuição de direitos autorais foi o de Cinema, com mais de 400% de aumento no valor total repassado. Esse resultado se deve aos expressivos acordos firmados ao longo de 2018 com grupos como a Abraplex, que representa redes como UCI, Cinépolis e Cinesystem.  

Em seguida, aparece o segmento de Streaming, que trouxe muitas obras musicais e artistas para a gestão coletiva. Os recentes acordos fechados com as plataformas YouTube e Netflix contribuíram para o crescimento de 72% no valor distribuído, assim como a maior conscientização dos clientes desse segmento sobre o pagamento do direito autoral. 

Direitos de autor e conexos

De todos os valores distribuídos em 2018, 76,4% foram repassados aos titulares de direitos de autor. Já a parte conexa recebeu 23,54% do montante. O direito de autor contempla os compositores e as editoras musicais e é pago sempre que existe a execução de uma música. Já os direitos conexos são devidos quando é utilizada uma gravação (fonograma), como em rádios e televisão. Nesse caso, além dos compositores e editoras, também são remunerados os intérpretes, músicos e gravadoras. 

Artistas nacionais em destaque

Nas plataformas de streaming e nas rádios, os compositores sertanejos dominam os rankings de autores com maior rendimento. A cantora e compositora Marília Mendonça (“Infiel”) lidera a lista das plataformas digitais de áudio, seguida por Thales Lessa (“A mala é falsa”) e Juliano Tchula (“Cuida bem dela”). 

Já no segmento de Música ao Vivo, que considera o que foi tocado em bares e restaurantes, Thallys Pacheco (“O nosso santo bateu”) tem a companhia de nomes tradicionais da MPB como Djavan, Renato Russo, Lulu Santos e Tim Maia. 


Rankings de 2018

Ranking de músicas mais tocadas no segmento de Shows em 2018:

  1. ​Apelido carinhoso 
    Júnior Angelim

  2. Dona Maria
    Thiago Brava/Lucas Lima/Thiago Aloisio Lima Quintana

  3. Ar condicionado no 15
    Renno Poeta/Vine Show/Junior Gomes

  4. Largado às traças
    André Vox/Victor Hugo/Philipe Pancadinha

  5. Não deixo não
    Diego Ferrari/Everton Matos/Guilherme Ferraz/Paulo Pires/Rafael Quadros/Ray Antônio/Sando Neto/Garoto Perdido

  6. Tô solteiro de novo
    Romim Mata/DJ Ivis

  7. Olha a explosão
    MC E-Z

  8. Agora vai sentar
    MC Kadinho/Mc Jhowzinho

  9. Vidinha de balada
    Nicolas Damasceno/Rafa Borges/Larissa Ferreira/Diego Silveira

  10. Vai malandra
    Zé Gonzales/Brandon Green/Anitta/Laudz/Dj Yuri/Zaac


Ranking de autores com maior rendimento no segmento de Shows em 2018:

  1. ​Roger Water

  2. Chico Buarque

  3. Roberto Carlos

  4. Paul McCartney

  5. Noel Gallagher

  6. Marília Mendonça

  7. Phil Collins

  8. Erasmo Carlos

  9. Juliano Tchula

  10. John Lennon

​ 

Ranking de autores com maior rendimento no segmento de Streaming (plataformas de áudio) em 2018:

  1. ​Marília Mendonça

  2. Thales Lessa

  3. Juliano Tchula

  4. Nando Reis

  5. Matheus

  6. MC Livinho

  7. Renato Russo

  8. Larissa Ferreira

  9. Chorão

  10. Thallys Pacheco

 

Ranking de autores com maior rendimento no segmento de Rádio em 2018:

  1. ​Bruno Caliman

  2. Junior Angelim

  3. Victor Chaves

  4. Raffa Torres

  5. Thales Lessa

  6. Tierry Coringa

  7. Marília Mendonça

  8. Anderson Freire

  9. Umberto Tavares

  10. Juliano Tchula

 

Ranking de autores com maior rendimento no segmento de Música ao Vivo (bares, restaurantes, hotéis e clubes) em 2018:

  1. ​Djavan

  2. Renato Russo

  3. Lulu Santos

  4. Nando Reis

  5. Caetano Veloso

  6. Alceu Valença

  7. Hebert Vianna

  8. Thallys Pacheco

  9. Tim Maia

  10. Zé Ramalho​